Traidores, oportunistas ou nada disso?

Um jornalista de Chapadinha, que se encontrava em Brejo terça-feira (10) para fazer a reportagem do governo itinerante de Roseana Sarney a aquela cidade, telefonou-me por volta de meio dia para saber se a governadora já tinha saído de Araioses.

Confirmei que sim e estranhei que ela ainda não estivesse lá, pois pelo tempo que tinha saído da prefeitura de Araioses, onde tinha feito seu último compromisso na cidade, já era para ter chegado a Brejo.

Só mais tarde é que tomei conhecimento de que Roseana, antes de pegar o helicóptero que lhe aguardava no Estádio Cardosão foi ainda fazer uma reunião com os vereadores da oposição, que a aguardavam na casa da vereadora Maria Ventura. Lá para conversar com ela além de Ventura ainda estavam os vereadores Wilson Miranda, Hélio do Novo Horizonte, Manoel da Polo e Assis de Parnaíba, mas que faz política em Araioses.

Roseana e Neto Carvalho com os vereadores da ioposição - VFoto: danyls-slevem

Roseana e Neto Carvalho com os vereadores da ioposição – VFoto: danyls-slevem

Essa gente estava sendo apresentada a governadora Roseana Sarney pelo prefeito de Magalhães de Almeida Neto Carvalho. Eliomar Dias ex-prefeito de Água Doce estava também.

Um blog que postou as informações diz que a vereadora Jacira Pires também estava naquele ato, mas não é verdade. Nenhuma informação que tive depois confirma isso, como as fotos postadas no blog não a mostram na casa de Maria Ventura. Numa dessas fotos até o ex-vereador Dadá Coutinho e o vereador Elson, seu filho aparecem também que segundo soube estavam acompanhando o ex-deputado Paulo Neto, que chegou a região a tiracolo da governadora.

As fotos e os fatos apontam no rumo de que os três dos vereadores: Maria Ventura, Hélio e Assis, eleitos na coligação de Luciana Trinta não estão mais com ela e sim com Neto Carvalho. Pareceu no início que isso significava uma aliança ente Neto e Luciana na política de Araioses, mas não é.

Um colaborador do governo de Luciana Trinta me afirmou semana passada em São Luís que não existe nenhuma possibilidade dos dois se juntar. Quando lhe falei sobre o assunto me respondeu na bucha: Não! E completou: água não se mistura com azeite.

Então, nesse caso, eles romperam com ela? É muito cedo para falar, pois isso só vai ficar definitivamente claro daqui mais um tempo quando o assunto for à eleição municipal de 2016.

Os três vereadores estão filiados a partidos controlados por Luciana que poderá lhes criar problemas, amparada na lei de fidelidade partidária. Agora, mesmo diante de seus interesses políticos, Luciana parece que vai fazer de conta que não é com ela e deixar que Neto Carvalho banque as despesas deles.

Como já foi dito aqui, depois das eleições Neto Carvalho eleito ou não vai voltar suas atenções para Magalhães onde tentará manter seu feudo. Esses que estão bem no filme agora provavelmente vão ser abandonados e terão de procurar outra sobra, pois afinal será o pescoço deles que vai está com um laço bem apertado. Se não souberam se cuidar já era mandato.

Para finalizar analiso a postura de Maria Ventura. Ninguém foi mais ajudada e ninguém mais se mostrou amiga fiel de Luciana do que ela. Virar as costas para a ex-patroa me causa certo espanto. Mas dizem que na política é assim mesmo, é normal. Porém, Neto Carvalho que se cuide porque amanhã ele poderá ser a Luciana de hoje.

A atitude de Ventura é traição, oportunismo ou nada disso? Tem quem afirme que a vereadora apenas está se vingando das inúmeras vezes que foi tratada como escrava pela ex-chefa.

Então tá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.