Servidores de Araioses têm opiniões divididas sobre o último pagamento do ano

Servidores da prefeitura de Araioses fizeram ato pela paralisação dos dias 20, 21 e 22 de junho.

Desde que surgiram as informações de que a prefeita Luciana Trinta entregaria a prefeitura sem dever o funcionalismo que as opiniões estão divididas sobre se isso vai ocorrer mesmo ou não. Qual a fatia maior não sabemos informar: se as do que acreditam ser isso verdade ou se a opinião daqueles que acreditam que ela, como os seus antecessores sairá sim, devendo aos funcionários do município.

As informações iniciais diziam que ela pagava o 13º salário dia 10 que passou e o pagamento de dezembro, amanhã dias 20. Realmente alguns funcionários já receberam o 13º, mas a maioria, os professores ainda não. Esses sonham com a possibilidade de receber tudo de uma vez amanhã devido a existência de informações de que a prefeita encerra suas atividades dia 21, colocando a partir daí os serviços da prefeitura em recesso.

Dizem que ela já passou todas as informações sobre o município, como folha de pagamento e bens do patrimônio municipal para os advogados de Valéria do Manin e que fará uma festa de despedida sexta-feira, 21 na Praça do Viva.

Já sobre as sobras do FUNDEB temos pouco ou quase nada a dizer. Sobre esse assunto o que o blog sabe é o que disse um servidor que perguntou ao presidente do sindicato da categoria, professor Arnaldo Machado se ele já sabia quanto eram essas sobras. Segundo ainda esse servidor, Arnaldo teria lhe dito que não há sobras nenhuma.

É uma pena, pois em data não tão longe ele dizia o contrario. E se tem quem possa saber com bastante precisão, se tem ou não sobras do FUNDEB é ele, já que lhe foi dado recentemente, por um ex-servidor do município, uma cópia com a relação de todos os funcionários da prefeitura de Araioses.

Se ele tem a relação dos servidores, sabe quanto eles ganham e tem obrigação de saber quanto entrou de recursos do FUNDEB, sabe sim se tem sobras ou não.

Há muita expectativa sobre o que fará Luciana nos dias finais de seu mandato. A resposta está chegando. Esperamos que os funcionários do município não passem um Natal e o Fim de Ano com os bolsos vazios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.