Aluna do Helena Antipoff é destaque nas Olimpíadas do Conhecimento

Equipe de professores e orientadores com a aluna campeã. Foto/Orcenil Jr.

A aluna Marina de Pádua Nascimento, do Centro de Educação Especial Helena Antipoff, localizado no bairro Ipase, em São Luís, ficou em 3º lugar nas Olimpíadas do Conhecimento, realizada pelo Serviço Nacional da Aprendizagem Industrial (Senai), realizada de 5 a 18, em São Paulo.

Marina de Pádua Nascimento competiu nas Olimpíadas do Conhecimento na modalidade Panificação e também foi vencedora do Prêmio Melhor das Melhores em nível nacional, que é voltado para a modalidade que assiste alunos com algum tipo de necessidade especial. Com o resultado conquistado em São Paulo, o Maranhão conseguiu a 14ª colocação no ranking Nacional da Educação Profissional.

Este ano, participaram Senai’s de todo o Brasil, o que realça o resultado alcançado pelo Maranhão. “Participamos pela primeira e foi satisfatório observar que a parceria do Senai com o CEE Helena Antipoff, está dando resultados significativos, além de proporcionar uma nova realidade de vida para os alunos”, afirmou Maria Júlia, coordenadora do Programa de Ações Inclusivas do Senai (Pisai).

Segundo a gestora geral do CEE Helena Antipoff, Tereza Cristina Maciel, a escola atende alunos com algum tipo de necessidade educacional especial. Os cursos oferecidos têm o objetivo de incluir os jovens no mercado de trabalho, proporcionando a eles uma nova realidade no futuro.

“Esses cursos apresentam uma nova perspectiva de futuro para esses alunos. Essa é uma das nossas missões aqui dentro do Helena Antipoff, criar mecanismos que possibilitem um aprendizado diferente e direcionado para a inclusão desses alunos no mercado de trabalho”, afirmou.

Mariana de Pádua Nascimento afirmou que a conquista foi muito importante e espera conquistar outros prêmios, tornando-se uma profissional qualificada para o mercado de trabalho. “Esse prêmio foi muito importante para a minha vida, e quero aprender mais para me tornar uma profissional qualificada para o mercado de trabalho”, destacou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *