Juiz Thales Ribeiro de Andrade agride esposa e expulsa filhos menores de casa

Blog do Luis Cardoso

O juiz Thales Ribeiro de Andrade, representado inúmeras vezes por desmandos cometidos à frente da comarca de Dom Pedro, está sendo novamente denunciado ao Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão. (TJ/MA).

Pesa agora contra o magistrado fortes denúncias de violência doméstica e familiar, nos termos do artigo 7º da Lei 11.340/2006, da Lei Maria da Penha.

Thales Ribeiro de Andrade já foi julgado várias vezes pelo Tribunal de Justiça do Maranhão por condutas impróprias.

Thales Ribeiro é acusado pela esposa de agredir a ela e aos filhos, de apenas dois e um ano. Ele teria ainda deixado de pagar o colégio e o plano de saúde dos filhos, como forma de retaliação. Não bastando, alugou o apartamento com a mulher e os filhos dentro.

Segundo o processo, o juiz vem demonstrando temperamento explosivo e agressivo há anos, chegando a quebrar objetos dentro de casa e ofender com palavras injuriosas e depreciativas à sua esposa e filhos.

De acordo a mulher do juiz, Thales Ribeiro de Andrade, após se submeter a um exame psiquiátrico, chegou a ser diagnosticado como portador de patologia psiquiátrica, denominada transtorno explosivo intermitente, que consiste em pessoas que não conseguem conter seus impulsos agressivos. Para tratamento da patologia, foi receitado ao juiz os remédios Rivotril e Depakote; o primeiro, tarja preta e o segundo tarja vermelha.

Ocorre, porém, que Thales Ribeiro não segue as recomendações médicas de consultas e de adotar a medicação com regularidade. Para piorar, o juiz ingere, constantemente, bebidas alcoólicas, potencializando seu distúrbio.

O resultado tem sido agressões físicas e verbais a sua esposa e filhos, além de inúmeros problemas comportamentais na comarca onde exerce seu mister, consubstanciado por expulsões de jurisdicionados e outros comportamentos que já lhe valeram penas de advertência e censura aplicadas pelo Tribunal de Justiça do Maranhão.

Um dos acessos de raiva recente culminou em ameaça de morte e expulsão de sua esposa e filhos do imóvel onde reside, sob alegação de que é seu, já que são casados pelo regime de separação total de bens. O juiz teria ainda cortado o pagamento do colégio e plano de saúde dos filhos.

Temorosa pela sua vida e dos menores, a esposa, casada com  Thales Ribeiro há cinco anos, pede ainda que o caso seja comunicado ao Ministério Público.

A representação está nas mãos da desembargadora Anildes Cruz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *