Manim chega para buscar apoio a candidatura de sua filha Valéria Leal

Prefeito Manim Leal

O prefeito de Santa Quitéria Manim Leal está chegando aqui amanhã para dar apoio a uns blocos de carnaval e se reunir com lideranças políticas de Araioses. Vai se encontrar com lideranças do PT e comentam que deve se reunir também com alguns vereadores da oposição: Dadá Coutinho (PSC), Mano Gonçalves (PSC) e Wilson Miranda (PSDB). Julio César (PT) e Jorge Bittencourt (PDT) são dessa oposição, mas não devem se reunir com Manim, pois esses vão seguir o que seus partidos decidirem.

Manim Leal que já tem sob seu controle três partidos: (DEM, PR e PV) busca mais apoio, para tentar eleger sua filha Valéria Leal prefeita de Araioses. O PT já se reuniu dias atrás e nesse encontro ficou decidido que o partido vai para o diálogo, com outros partidos, no sentido de somar forças em torno de uma candidatura com potencial de vencer as eleições de 7 e outubro.

Já os vereadores que querem conversar com Manim são os mesmos que até poucos dias atrás se mostravam dispostos a apoiar a aventura do ex-prefeito Pedro Henrique (PMDB), que insiste em disputar a prefeitura de Araioses mais uma vez. Esses vereadores sabem da fragilidade do teimoso, mas turbinados pelos “incentivos” de Neto Carvalho, prefeito de Magalhães de Almeida, se diziam PH desde criancinha.

Ocorre que Neto Carvalho corre risco ver o fim de sua hegemonia política em Magalhães de Almeida, depois que as oposições de lá se uniram para derrotá-lo em outubro. Outro motivo que fez Neto diminuir sua presença em Araioses tem a ver com o assalto ocorrido em 9 de dezembro passado, na estrada que liga São Bernardo a Magalhães de Almeida, onde os assaltantes levaram 160 mil reais e mataram o tesoureiro da prefeitura e homem de confiança do prefeito.

Manim é político experiente e deve ir de pé ao freio com os vereadores, pois sabe que eles não estão com essa bola toda. Afinal estão divididos em vários partidos e apenas um deles, o Dadá Coutinho tem, aparentemente, o controle do seu partido, o PSC, os demais não.

De todos a situação pior é a de Wilson Miranda já que seu partido é dirigido por dente leal a Pedro Henrique que já adiantaram que não homologarão a candidatura do vereador se essa não estiver numa coligação com o partido do ex-prefeito.

Na próxima segunda-feira é bem provável que o blog tenha alguma novidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.