Max Barros retira candidatura em nome de uma aliança com PT

Blog do Garrone

 

Mesmo dizendo-se embalado por uma pesquisa que aponta-lhe 16% do eleitorado com a presença de Flávio Dino (PC do B) na disputa, o secretário de infra-estrutura, Max Barros (PMDB) anunciou a retirada de seu nome como pré-candidato a prefeito de São Luís.

Barros explica que preferiu abrir mão de sua candidatura em nome de uma unidade política com o PT, que deverá indicar um cabeça de chapa em uma aliança com o PMDB.

Embora não diga, a candidatura de Max Barros não conseguiu unificar o próprio grupo a que pertence, mesmo com a promessa da governadora Roseana Sarney e o apoio da cúpula do PMDB.

Inclusive, teria partido do próprio grupo, no caso do secretário de saúde, Ricardo Murad, a articulação em torno da candidatura do vice-governador, Washington Luís (PT).

A aliança do PMDB, aliás, não será com o PT, mas com Washington, já que dificilmente será aceito outro nome pelas hostes sarneysistas.

Ao mesmo tempo que acerta Max, coloca no buraco a candidatura de Bira do Pindaré (PT).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.