Leuda está muito doente, triste e abandonada…



Maria Leudimar dos Santos Lima ou Leuda como é conhecida está entre a vida e a morte. Ele mora em Baixão da Faverinha e pode está com câncer nos ossos e com hérnia de disco. Sem poder contar com assistência médica por parte do município, pois essa não existe, já vendeu até uma moto para custear as despesas das consultas e exames médicos que fez em Parnaíba, Teresina e São Luis.
A situação de Leuda é muito grave. A doença já chegou a tal ponto que praticamente destruiu sua capacidade de reagir. Quem conversa com ela sente que ela não acredita mais que pode ser curada.
Mas sua dor maior não é as causada pela doença e sim pelo abandono. Abandono por parte daqueles que ela muito ama que agora ignoram sua situação mesmo sabendo do estado que ela se encontra.
Leuda é apaixonada por política, tem liderança reconhecida pela sua enorme capacidade de servir, de ajudar o próximo, de fazer alguma coisa por alguém. Dois políticos da região sempre puderam contar com ela em período eleitoral: o prefeito de Magalhães de Almeida Neto Carvalho e o ex-prefeito de Araioses Pedro Henrique. Leuda ama esses homens de coração e nas políticas, como ela diz sempre se dedicou de corpo e alma apoiado suas candidaturas ou de seus candidatos.
Dentro de uma rede há nove meses, sem poder andar e dependendo dos outros o que a torna mais infeliz, Leuda diz que já na campanha de André Fufuca e Pedro Novais, que a pedido de Neto Carvaho ela apoiou em 2010, ela já estava sentindo os problemas da doença e que não cuidou logo dela porque não queria ficar de fora da política.
Quando ela fala de política e fala em Neto Carvalho e Pedro Henrique, seus olhos se enchem de lágrimas. Diz que a ultima vez que falou com Pedro Henrique estava voltado de Teresina e falou com ele pelo celular. Disse: “Pedro, eu estou muito mal, meu amigo. Preciso falar com você”. Do outro lado Pedro disse que ela ficasse tranqüila, pois ele iria lhe visitar. Isso nunca ocorreu e essa ingratidão e esquecimento pioram ainda mais seu estado de saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.