Polícia Federal indicia os 35 do Ministério do Turismo

Escutas mostram que quadrilha no Turismo tinha ajuda de funcionários até para obter dados sigilosos. PF prendeu 36 pessoas suspeitas de envolvimento em desvios na pasta.

Lauro Jardim

Veja

O relatório final da Operação Voucher está pronto. Pede o indiciamento de todos os 35 elementos do Ministério do Turismo presos no arrastão da PF. Tem acusação para todo gosto.

O petista Mário Moysés, por exemplo, será indiciado por estelionato; o número 2, Frederico Silva da Costa, por formação de quadrilha; e o peemedebista Colbert Martins, por peculato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.