O PT do MA não pode se deixar enganar novamente por Roseana



Blog do John Cutrim

A coluna Estado Maior de hoje (17) do jornal O Estado do Maranhão – pasquim oficial da família Sarney – traz uma análise dos prováveis nomes que podem compor a vaga de vice na chapa do secretário Max Barros à Prefeitura de São Luís.

Pelo teor do escrito, o PT é colocado na condição de partido preferencial para formar uma dobradinha com o PMDB na sucessão municipal de São Luís, tal qual na eleição para o governo que elegeu Roseana tendo como vice o sarnopetista Washington Luiz.

Vale lembrar que para que isso ocorresse, foi necessário uma intervenção nacional da direção do PT – já que no encontro estadual os petistas maranhenses decidiram pelo nome do ex-deputado federal Flávio Dino (hoje presidente da Embratur) – como também a concessão de algumas secretárias no governo Roseana.

Passadas as eleições de 2010, o PT logo foi deixado de lado, passado para trás. Perdeu secretárias importantes no governo (a exemplo da Educação), e sofreu várias defecções na administração, com a perda de poder e prestígio no primeiro escalão roseanista.

Nesta sexta-feira, o presidente nacional do PT, Ruy Falcão, estará em São Luís e tem agendado um encontro com Roseana. Em pauta certamente a discussão da reedição da aliança PT/PMDB. Desse encontro devem surgir as primeiras negociações para a concretização de um possível acordo entre os dois partidos no Estado.

Restar saber o que Roseana tem a oferecer, dessa vez, ao PT. Mais: se os companheiros petistas, que foram abandonados, humilhados e alijados pela governadora cairão em mais um conto da sereia ao deixarem novamente serem enganados, continuarem no mesmo erro, quando em contrapartida tem nomes com chances de disputar a eleição de 2012, como é o caso do deputado Bira do Pindaré.

Na verdade o PT do Maranhão não pode continuar em segundo plano e a reboque dos projetos PMDB. Os companheiros precisam se valorizar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.