O SONHO DE TODO ARAIOSENSE.

Um dia acordei e tudo estava diferente. As pessoas sorriam, as crianças brincavam, minha Cidade tinha crescido e o povo estava feliz. Tinha chegado o tempo da redenção.
O dinheiro público era administrado pelo próprio povo, ele decidia o que fazer e para quem fazer.
Não havia mais políticos corruptos, oportunistas, gente pensando somente em si e esquecendo que o dinheiro é do povo. Não existia mais o voto comprado nem a exploração da miséria e da necessidade.
Não tinha barganha política, não tinha políticos desmoralizados, não tinha pesquisa, tinha sim consenso de todos.
Os humildes não eram esquecidos, os Povoados cresciam, os adolescentes estudavam nas Universidades, os idosos descansavam.
A Educação era de qualidade, a Saúde para todos e o lazer não faltava.
Não havia fome, o transporte era de qualidade, as ruas asfaltadas,
O tempo não passava, a felicidade era geral, as pessoas se confraternizavam.
Os professores bem remunerados, as indústrias chegavam, as oportunidades não faltavam.
Não era mais preciso pagar para ter transporte; para ter saúde; educação, alimento, vida digna e paz eterna.
Araioses tinha renascido. Minha querida terra natal tinha brotado.
Mas, de repente, tudo escureceu e voltei para minha triste realidade.
O sonho tinha acabado.

Colaborador oculto do programa Comando Geral apresentado de segunda-feira a sexta-feira na Radio Santa Rosa FM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.