Blog do Piauí mente sobre o caranguejo de Araioses




Grande parte da riqueza de Araioses é exportada como se fosse do Piauí. A mentira prejudica a economia do município maranhense e humilha os araiosenses.

Para mim não é fácil tomar conhecimento de informações mentirosas que dão conta de que grande parte da riqueza de Araioses passa para os que não conhecem a verdade a certeza de que é de Parnaíba, segunda maior cidade do estado do Piauí.
As grandes mentiras são sobre o Delta do Parnaíba que os piauienses vendem como se fosse do estado deles. Aproveitam-se do nome da cidade (Parnaíba) para dizer que o Delta é deles como se esse tivesse seu nome em função da cidade. Não é o rio que deve seu nome a cidade e sim a cidade que deve seu nome ao rio.
O Delta do Rio Parnaíba tem cerca de 80% de seu território no Estado do Maranhão. Quase todo esse território fica no município de Araioses.
Infelizmente por conta de a comuna ter sido conduzida por maus administradores ao longo de sua história, as suas riquezas não foram aproveitadas em benefício de seu povo.
Quem faz isso e muito bem são os piauienses. Em Parnaíba está montada toda a base de exploração das riquezas de Araioses. Entre tantas sem sobra de dúvida o Turismo e o caranguejo são quem mais enriquecem os parnaibanos.
Araioses tem dado muito a Parnaíba, mas o retorno é muito pouco. Em função do péssimo serviço de saúde publica – fato histórico e incontestável – o araiosense sempre se socorreu no serviço médico da cidade piauiense, porém agora, até isso não funciona mais. É muito comum as pessoas de Araioses serem atualmente humilhadas na portaria dos hospitais da cidade quando vem em do Maranhão em busco de um atendimento médico.
Parnaíba e seu povo devem muito a Araioses. Em todos os sentidos diga-se a verdade. Para se ter noção do quanto Parnaíba depende de Araioses basta seus habitantes deixarem de comprar no comercia parnaibano. Se isso ocorrer ele fecha as portas no dia seguinte.

Abaixo o comentário que mandei para o Blog do Catita que não foi publicado.

Nota publicado no blog com uma sequencia de oito fotos

Fartura de caranguejo no litoral do Piauí
Oriundos dos mangues do Delta do Rio Parnaíba, toneladas de caranguejos chegam em barcos diariamente no Porto dos Tatus – em Morros da Mariana, zona praiana do litoral piauiense. O produto segue como moldes na exportação para diversos estados da federação, principalmente o Ceará.
É a riqueza do Piauí que a gente vê por aqui!

Sr. Catita,
Não sei quantos dos leitores do blog Portal do Catita estão sendo enganados com a nota Fartura de caranguejo no litoral do Piauí postada hoje as 08h40min. Creio que apenas os que não conhecem sua terra, pois nós daqui de Araioses e os que conhecem a geografia de nosso país sabem muito bem, que esse caranguejo que o blog mostra é de Araioses e Araioses é Maranhão e não Piauí.
Sei muito bem que não é só o nosso caranguejo que vocês do Piauí – em especial de Parnaíba – se apossam há muitos anos. As nossas praias, nossos manguezais, nosso leite de gado, nosso pó de carnaúba e muitas e muitas riquezas.
A bem da verdade a culpa não é dos piauienses parnaibanos e sim dos políticos que administram nossa terra nesses anos todos que permitiram essa situação humilhante. A riqueza é nossa mais quem fatura é vocês aí do Piauí. Com o caranguejo, com o peixe, com o turismo, etc.
Como araiosense que tem toda uma vida dedicada a luta te tornar essa terra livre e desenvolvida, não posso aceitar que tamanha mentira seja publicada e não dizer nada.
Por indicação de um amigo aí de Parnaíba (Técio César Duarte Junior) passei a visitar o blog todos os dias e até em ler algumas notícias em meu jornal (Comando Geral) que apresento na rádio Santa Rosa FM.
Não farei mais, pois vejo que não é lugar onde se colhe a verdade. E como tenho compromisso com a verdade a fonte não me serve.
Por fim só existe um meio do caranguejo do Piauí ser desembarcado no Porto dos Tatus em Morro da Mariana. Ele teria que sair de Luis Correia – via mar – dar a volta passando pela costa de Pedra do Sal, entrar na Baia de Canárias e chegar ao porto que você cita na nota.
Isso você aí sabe que seria inviável e nessas embarcações que as fotos mostram afundaria logo nas primeiras ondas que encontrassem pela frente.
Catita, o caranguejo do Piauí, o de vocês, não dar nem para o consumo local, quanto mais para exportar.
Se você ainda não sabe e pelo que sei já tem idade de sobra para saber, a mentira descaracteriza e desmoraliza qualquer veículo de comunicação.
Chega de mentira!

Daby Santos
Jornalista
[email protected]

1 pensou em “Blog do Piauí mente sobre o caranguejo de Araioses

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.