QUANTO VAI CUSTAR A BEIJA-FLOR?

Blog do Ed Wilson

A pergunta não cala, mas o governo não responde: quanto vai custar a homenagem da Beija-Flor a São Luís
Dirigentes da escola vão e vêm, fazem reuniões, anunciam isso e aquilo, mas o principal fica embaixo do tapete – o Governo do Estado vai pagar quanto?
O Maranhão já sacrificado por tanta pilhagem vai para a Marquês de Sapucaí com sua principal vitrine do desastre administrativo das elites perversas – a capital São Luís.
Destruída, suja, abandonada, sem qualquer regra de civilidade, São Luís merece um revival do enredo em que Joãozinho Trinta levou o lixo para a avenida.
A cidade-lixeiro-entulho-lama-esgoto-mato e desordem dá um caldo cultural perfeito para o Carnaval.
Aqui, onde até Jesus é bebida, tudo se profana. Atropelam-se as leis e as normas de convivência como se troca de roupa.
Nossa capital prostituída e corrompida põe a máscara sobre o estatuto da transparência para esconder o valor do financiamento.
A Beija-Flor tem tudo para ganhar o próximo Carnaval. O tema escolhido é tão rico de detalhes, com tantas possibilidades de interpretação, que qualquer carnavalesco iniciante é capaz de fazer uma epopéia.
Encantarias, magias, mentiras, falácias, sujeiras… tudo passa nesse samba-enredo de uma hora de fama na Sapucaí.
Depois do Carnaval, máscaras no chão, voltamos à vida real ainda piores, com a sujeira nas ruas e a ressaca na cara.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.