Não parece ser verdade as informações de que alguns vereadores estão negociando a permanência do prefeito Cristino no cargo

Galeria da Câmara de Vereadores de Araioses

Muitos deram – a meu ver – uma atenção exagerada sobre uma postagem que Gugu Maranhão, em que promete para breve, divulgar os nomes dos vereadores de Araioses que estariam negociando com o prefeito Cristino um acordo financeiro para que esse continue no cargo, que se fosse pela vontade do povo ele já estaria de Goiás para frente há um bom tempo.

Não creio que isso seja verdade. Não pelo fato de que entre nossos bravos edis não tenha quem toparia um acordo dessa natureza, desde que isso significasse alguns milhares de reais, de dinheiro vivo, em seus bolsos.

Mas tem alguns senões nessa história que inviabiliza qualquer acordo nesse sentido, que é pelo simples fato de que quem topa fazer esse acordo não confia que Cristino o cumpra em seguida e por outro lado, o prefeito não adianta a propina, pois já tomou conhecimento de que se entregar o dinheiro vai ficar sem ele e os votos que precisa para continuar como prefeito de Araioses.

Ninguém confia em ninguém e ponto final.

Para quem ache isso um absurdo é só analisar a decisão do desembargador que suspendeu os trabalhos da Comissão Processante. Como foi dito por vários vereadores que fizeram o uso da palavra na sessão de sexta-feira (08), Jamil de Miranda Gedeon Neto não atendeu o querer do prefeito Cristino de graça.

Essa liminar custou uma penca de centenas de milhares de reais é o que mais se fala na cidade.

Ora, se algum acordo pudesse ter ocorrido já era um fato, para o prefeito comprar os votos de cinco vereadores o que seriam muito melhor para ele, pois poderia alegar que se não tinha de seu lado a maioria dos vereadores, mas pelo menos não estava sozinho nessa nefasta política de exclusão, onde a panelinha dele está com tudo e o povo está sem nada.

O que se pode questionar por enquanto no momento é de quem da classe política de Araioses e região quer realmente o prefeito Cristino fora do poder.

Com tanta gente querendo chegar ao lugar que ele hoje ocupa, não sei bem quem está falando a verdade ou jogando para a plateia.

Por motivos óbvios, só o vice-prefeito Manoel da Polo, creio eu, poderia está falando a verdade se disser fora Cristino!

Dos que estão de olho na Prefeitura de Araioses eu tenho dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *