Polícia prende 5 acusados de decapitar e enterrar corpos em Parnaíba

Em coletiva polícia apresentou os acusados do duplo homicídio e esclarece morte e corpos decapitados em Parnaíba.

Delegado Eduardo Aquino, titular da Delegacia de Combate ao Homicídio, Tráfico de Drogas e Latrocínio (DHTL)

Parnaíba em Nota – A Polícia Civil do Estado do Piauí, através da Delegacia de Homicídios, Tráfico de Drogas e Latrocínio de Parnaíba – DHTL, com o apoio de policiais da Delegacia do Patrimônio – DEPATRI, Delegacia Regional e da Polícia Militar deu cumprimento a mandados de prisão em desfavor dos nacionais LUÍS CARLOS EVANGELISTA GUEDELHA, vulgo LULU, 26 anos, JONAS DE BRITO MARTINS,20 anos, FRANCISCO DE ASSIS EVANGELISTA GUEDELHA, 32 anos, FRANCIELY OLIVEIRA PEREIRA, 23 anos e FRANCISCO DE ASSIS JÚNIOR, 28 anos e a apreensão do menor de idade de iniciais J.V.G.S, todos envolvidos com os homicídios ocorridos em uma residência na rua Anhaguera, nesta cidade de Parnaíba-PI. Na ocasião, dois corpos foram encontrados na data de 01/03/2018, mutilados e enterrados em uma vala no terraço da referida residência. Com o decorrer das investigações, as vítimas foram identificadas como sendo PAULO HENRIQUE LIMA CALDAS, natural de São Luís-MA, 47 anos e DAVID SOARES MACIEL, natural de Parnaíba-PI, 29 anos.

Ainda durante a investigações foram verificadas a existência dos crimes de tortura, homicídio e ocultação de cadáver contra as vítimas, tendo todos os presos temporários acima identificados concorrido para a prática de um ou de todos os referidos crimes.

A Polícia Civil informa que continuam foragidos GEOVANE ALISSON DE SOUSA e ANTÔNIO CARLOS RODRIGUES DOS SANTOS JÚNIOR, os quais participaram diretamente destes bárbaros crimes que chocaram a população piauiense.

 

bit.ly/denunciapcphb

A Polícia Civil aproveita o ensejo para reiterar seu compromisso com a população no combate a criminalidade e solicita à população local a realização de denúncias anônimas que possam levar a estes indivíduos que, como dito, foram autores dos referidos crimes e estão com prisões cautelares decretadas. Para denunciar basta clicar no link acima e preencher os campos.

Fonte: Policia Civil do Piauí

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *