Tem gente que na falta do que fazer e dizer inventa

Vereadores Felipe Pires e Denys de Miranda

Soube há poucos dias que foi dito em uma rede social – por quem eu não sei – que os vereadores Denys de Miranda e Felipe Pires, ambos do Solidariedade, teriam pedido ao Dr. Cristino, o prefeito de Araioses, a minha cabeça e a do chefe de gabinete Antonio Herzi Silva Dias.

Quanto ao Herzi, se também tomou conhecimento dessa patranha, prefiro que ele mesmo se manifeste ou se cale sobre o assunto.

Quanto a mim o que posso dizer é que já mentiram muito a meu respeito, mas nada igual a esse tamanho disparate. Só posso entender como o fato de ter gente que na falta do que fazer e dizer inventa.

Sou amigo dos dois vereadores e de suas famílias também.

Denys de Miranda o tenho como um irmão e nossa amizade existe desde quando nos conhecemos no ano de 1996. Em campanha política, só estivemos juntos na de deputado estadual do André Fufuca em 2010, mas o fato de militarmos politicamente em lados opostos nunca foi empecilho para continuarmos bons amigos.

Denys é um homem de um coração maior do que ele, fraterno e um companheiro de todas as horas. Com pessoas com esse perfil faço questão de ser amigo.

Quanto a Felipe Pires, com ele também me dou muito bem e creio que vivemos em um dos momentos em que mais harmonia, entendimento e respeito temos um pelo outro.

Ao logo das últimas décadas, já militamos juntos e em grupos opostos, já tivemos divergências políticas, mas nunca houve entre nós algo que não pudesse ser superado e compreendido.

Os dois vereadores tem como esposas duas senhoras maravilhosas e muito honradas.

Com Ana Rita, esposa do Denys, não tenho a mesma sintonia que tenho com Jacira Pires – a companheira de todas as horas do vereador Felipe – porque antes não tínhamos a proximidade que temos hoje.

Tenho motivos e orgulho de sobra para continuar amigo desses vereadores e de sua famílias. Não vai ser uma divergência política e muito menos boatos inverídicos de quem não tem o menor apreço pela verdade, que vai por fim a algo que preso e respeito.

Tenho certeza absoluta que jamais passou pela cabeça dos dois pedir que o prefeito me demitisse da secretaria de comunicação. O que posso acreditar é no contrário, caso os dois tomassem conhecimento de que alguém me quisesse fora do governo.

Nisso eu acredito. Não sou imbecil a ponto de não saber que gente querendo meu cargo para si ou para um chegado.

E sei mais ainda que quem quer isso não tem mandato e muito menos participou da nossa campanha.

Uma ideia sobre “Tem gente que na falta do que fazer e dizer inventa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*